A cortina ideal para cada tipo de ambiente

Conheça os modelos, tecidos e as cores corretas para usar em diferentes ambientes da casa.



Escolher a cortina ideal para compor a decoração exige certos cuidados, é preciso pensar no espaço disponível e a relação com os móveis e a pintura do ambiente. Existe, é claro, uma infinidade de combinações e, por isso, alguns aspectos não podem ser deixados de lado.

Se a sua janela proporciona um visual incrível, não desperdice bons momentos de contemplação, prefira tecidos claros e leves, assim sua cortina pode ser facilmente recolhida às laterais quando quiser apreciar a paisagem. Se a ideia é impedir a passagem de luz opte por modelos de cortinas com tecidos mais espessos ou que possuam forro.

Caso sua vista não seja tão privilegiada assim, neutralize esse ponto fraco evitando o uso de tecidos transparentes e aposte em cores alegres, vivas e vibrantes. Se optar por uma trama mais grossa, a alternativa pode ainda reduzir o barulho que vem da rua.

Resolvidos os problemas com a janela e a paisagem local, chegou a hora de sanar algumas dúvidas que envolvem a parte interna da casa. Se o ambiente for pequeno prefira uma cortina mais simples, sem prega ou que utilize prega macho, com tecidos que não pesem e cores suaves. Se tiver estampa, que sejam poucas e discretas.

Em espaços amplos e com pé-direito alto abuse do caimento reto, com cortinas verticais e longas.

A INFLUÊNCIA DAS CORES

O neutro - a cor branca traz mais leveza para casa, além de passar uma ideia de um ambiente limpo e bem cuidado. Mas atenção, se a incidência de sol no local for grande você vai precisar de um forro para diminuir a luminosidade. Outro aspecto importante ao usar o branco na decoração é saber dosar a quantidade, em excesso ele pode cansar e gerar um certo isolamento. Saiba brincar com as cores. As cores cinza e preto também são consideradas neutras, o tom mais fechado fica ideal para as cortinas da sala de vídeo.

Tons frios - as cores frias, como o azul e o verde, por exemplo, acalmam o ambiente e são ideais para espaços onde convivem pessoas muito agitadas, ou que estejam necessitando de descanso. Sendo assim, os tons frios dão ótimas cortinas de quarto. Caso a peça cubra toda a parede, combine com cores mais vibrantes na decoração.

Tons quentes - as cores quentes, como o laranja e o vermelho, por exemplo, espalham vitalidade pelo ambiente, o espaço fica mais animado, rompendo com as barreiras da seriedade. Fique atento ao tecido que irá utilizar dependendo da espessura o sol poderá passar por ele e alterar as cores dos demais objetos da decoração, por isso esse tom não é recomendado para quartos.