Por Trás das Cortinas

Desvendamos os segredos que existem por trás das cortinas, conheça os termos técnicos mais utilizados.


Elas deixam o ambiente mais aconchegante, impedem a passagem de luz e ainda dão um toque todo especial à decoração, resumindo: as cortinas são cheias de charme. Se nos quesitos beleza e elegância não há o que discutir, quando o assunto são os acessórios e a instalação da peça a situação começa a ficar mais complicada. Muitos são os termos técnicos e para quem deseja ter uma cortina em casa é bom conhecê-los para acertar na escolha.

Pensando em ajudar você a descobrir todos os segredos que existem por trás das cortinas, a Cortinato preparou um pequeno manual que reúne os principais acessórios e componentes disponíveis no mercado, anote aí:

Varão x Trilho

Confeccionados em madeira, metal ou plástico, o varão e o trilho tem a função de sustentar a cortina. Podem ser encaixados com o auxilio de suportes fixados na parede ou em molduras da janela. A estrutura destas peças podem ser única, dupla ou tripla, para a instalação de forro, cortina e xale.

Argolas x Ilhóses x Rodízios

As argolas e os ilhóses são anéis confeccionados em madeira, metal ou plástico, usados para sustentar a cortina no varão, os ilhóses são fixados em torno de aberturas no cós da cortina. Já os rodízios são acessórios com rodinhas, costurados juntos ao tecido para que a cortina corra sobre trilhos, além de dar sustentação à peça.

Forro x Blecaute

Tanto o forro quanto o blecaute são acessórios opcionais que protegem a cortina da ação do sol. Com o uso do forro você garante a durabilidade do tecido e evita que a cortina suje rapidamente em locais com muita poeira ou poluição. O blecaute é mais uma opção para fugir da alta luminosidade, do som externo e do calor excessivo.

Ponteira/Terminal

A ponteira e o terminal são acessórios de arremate, fixados nas extremidades do varão para evitar que a cortina escorregue pelos lados do varão.

ACESSÓRIOS PARA ACABAMENTO

Bandô, Sanefa ou Galeria: ornamentos de tecido utilizados na parte superior da cortina, além de enfeite servem para esconder o trilho, as pregas ou os franzidos da peça.

Barra, bainha: dobra de acabamento da parte inferior da cortina.

Franzidor: aviamento costurado ao cós para franzir a cortina de acordo com o estilo desejado (leia sobre estilos de pregas ainda nessa matéria).

Tiras, alças ou passantes: acessórios que ajudam a pendurar a cortina no varão ou a dar suporte às argolas.

Xale: tecido pesado sobreposto às laterais da cortina para efeito decorativo.

Prendedor, braçadeira: usado para prender as cortinas às laterais, quando aberta. Esse acessório pode ser o próprio tecido da cortina, um cordão de seda, de algodão, ou ainda uma peça de metal.

ESTILO DE PREGAS

Prega americana: dobra tripla na parte superior da cortina com franzido virado para o alto. Para quem gosta de volume, essa é uma ótima opção.

Prega fêmea: dobras em sentidos opostos que se encontram na frente do tecido. Nesse caso, o volume fica bem discreto e delicado.

Prega macho: dobras em sentidos opostos que se encontram no avesso do tecido, a costura é feita de dentro para fora. Com esse estilo o tecido ganha volume na parte da frente o que garante à cortina um caimento reto e elegante.

Prega paulista ou wave: dobras intercaladas nos dois sentidos que produzem efeito de ondulação. Com essa prega o volume fica evidente na parte superior e mais solto na inferior. Para um bom efeito prefira empregar esse estilo em janelas amplas.

OFERTAS
tapete new bucle
papel de parede infantil
persiana romana
  • Precisa de Ajuda? Ligue: 12 3322-2148
  • Seg-Sex 09h as 18h30m
  • Sab 09h as 14h
  • Rua Virgem, 783 - Jardim Satélite - São José dos Campos
Fechar
You need Flash player 8+ and JavaScript enabled to view this video.